Como otimizar o consumo e quais são os benefícios?

Como otimizar o consumo e quais são os benefícios?

Os equipamentos em nossa casa, escritório, o nosso carro, a iluminação nas nossas ruas e até as centrais que produzem e distribuem a nossa energia, quer ela seja eletricidade, gás natural ou outra, consomem de alguma forma uma fonte de energia.

Edifícios energeticamente eficientes, processos industriais e de transporte poderiam reduzir as necessidades energéticas projetadas para o mundo em 2050 por um terço, também é essencial o controle das emissões globais de gases que causam o efeito estufa, de acordo com a Agência Internacional de Energia.

A adoção de soluções ou medidas eficientemente energéticas são necessárias, por exemplo, em edifícios colocar isolamento térmico de modo a se consumir menos energia para aquecimento e arrefecimento mantendo a temperatura confortável, substituir por lâmpadas econômicas as antigas lâmpadas incandescentes, utilizar aparelhos desenvolvidos com referência a melhor eficiência, ex: refrigeradores com inverter, economizadores de energia. Redes de sensores sem fio são muitas vezes utilizados para visualizar o uso de energia em cada ponto para melhorar a eficiência, como no exemplo do Japão.

A redução do consumo pode ser obtida com medidas como:

  • Substituição de dispositivos de iluminação por outros mais eficientes (lâmpadas LED, luminárias de alta eficiência, reatores eletrônicos);
  • Utilização de sistemas de automação e acionamento motores;
  • Iluminação somente diante de necessidades específicas;
  • Adequação de grandezas elétricas como harmônicos e fator de potência às características da operação em questão;
  • Substituição de insumo energético como energia elétrica por energia solar em caso de aquecimento de água;
  • Reaproveitamento de energia em dissipação em insumo, como por exemplo o uso de energia térmica extraída em processo de aquecimento de ar como insumo para pré-aquecimento de água, etc.

A adoção de medidas dessa natureza, além de trazer benefícios diretos para o usuário (e.g. redução de custos, melhoria da competitividade), é igualmente benéfica para a sociedade, pois contribui para o desenvolvimento sustentável (utilização de menos recursos naturais e redução de gases de efeito estufa).

Leia também

Rolar para o topo